Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

Viver Sozinha e Ter de Comer

Vivo sozinha há 18 anos. E muitas vezes quando o tema de conversa são as refeições, ainda há pessoas que me perguntam admiradamente: O quê? Tu fazes isso só para ti? 

 

Estas pessoas, que vivem acompanhadas, têm a estranha teoria que se vivessem sozinhas deixavam de cozinhar. 

 

Sim. Eu cozo, asso, frito, grelho ou algo do género refeições completas. Assim como faço sopa e demolho leguminosas. E quando tenho vontade faço bolos que muitas vezes acabam de ser comidos em casa dos meus pais aos fins de semana.

 

Será que as pessoas pensam mesmo que o normal de viver sozinha é encomendar pizza, ir buscar hamburguers ao Mac Donalds, viver de sandes ou feijoadas enlatadas?

 

Sendo que "viver de sandes", é sempre aquilo que as pessoas que vivem acompanhadas mais sonham em fazer caso venham a viver sozinhas, pelo menos aquelas que falam comigo.

 

Eu prezo a minha saúde.

E não, se começassem a viver sozinhos, só se sofressem de alguma mutação genética sobreviviam sem comer decentemente.

 

E aproveito para dizer, numa altura em que tudo o que se lê é levado à letra e a mal, que se alguma pessoa que aqui venha consiga viver assim, deixo esclarecido que não pretendo chamar mutante a ninguém. Eu é que não tenho sistema digestivo para isso.

 

Por isso, sim, alimento-me como uma "pessoa normal" que viva acompanhada. E a maior parte das vezes até como sentada à mesa e abro garrafas de bom vinho se a refeição o pedir.

E sim, também vou a restaurantes sozinha se estiver para aí virada. 

 

Eating-Alone.png

 

 

 

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2