Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

6 Dias Para o Natal - A Todos Um Bom Natal

Está na hora de desejar a todos um bom Natal, esta vai ser a semana em que me vou dedicar às compras de Natal e em que tenho por cá a minha sobrinha-afilhada.

 

Quero também dizer que o Clube de Gatos do Sapo vai sortear um livro, em troca só queremos que nomeiem uma das associações por nós escolhidas. Podem ler sobre o passatempo aqui.

 

Por isso um Feliz Natal a todos e aqui deixo mais uma música de Natal que para mim transmite o verdadeiro espírito natalício, principalmente quando cantado pela voz desta senhora. Um espírito de paz, conforto e com um toque de sonhos infantis. Espero que o vosso Natal venha com esta magia.

 

 

11 Dias Para o Natal - Michael Bublé Sucks #5

Este ano estou mesmo sem espírito natalício. Coisas de família que não se resolvem e em vez de termos um Natal animado e cheio de gente...olhem.... Parece que o Natal é só uma realidade paralela.

 

Resumindo, pessoas muito próximas cada vez mais afastadas.

 

Não me apetece comprar prendas, não me apetece que a noite de Natal chegue.

 

Adiante...

 

Acho que a única canção de Natal  que verdadeiramente se adequa ao meu coração este ano, é esta. Já é dos anos 50 mas só agora a descobri. Aqui numa versão de Topsy Chapman e Lars Edegran

 

 

 

 

15 Dias Para o Natal - Michael Bublé Sucks #4

Continuando a rubrica do ano passado dedicada às minhas músicas de Natal favoritas e cujo título é uma homenagem ao meu "ódio" de estimação pelo Michael Bublé  (os fãs que me perdoem mas é só uma brincadeira).

 

Uma das canções mais divertidas que hoje em dia já é considerada de Natal mas que inicialmente não era natalícia, é Baby, It's Cold Outside, do musical Neptune's Daughter de 1954.

 

A canção é um diálogo entre uma mulher que vai dando desculpas para sair da casa de um homem, enquanto ele tenta convence-la a ficar mais um bocadinho. 

 

- A minha mãe vai ficar preocupada

- Oh querida qual é a pressa?

 

- O que é que os vizinhos vão pensar?

- Oh querida mas o tempo está mesmo mau lá fora.

 

- A minha irmã vai desconfiar

- Oh os teus lábios parecem tão deliciosos.

 

- E a minha tia tem uma mente suja

- Oh Meu Deus, os teus lábios são mesmo deliciosos.

 

Ora ouçam

 

 

 

Ainda Lá Chego

Estava de pé, sem nada mexer senão os dedos, quando de repente senti algo a escorregar pelas minhas costas.

 

Que estranho. Poderá ser? Sim, estou a suar. O calor não é assim tanto mas suor escorre-me pelas costas. Algo pouco habitual em mim.

 

Foram preciso 43 anos para começar a escorrer suor por concentração? Isto existe sequer? Muito provavelmente, não estava calor que justificasse e praticamente nem movimento existia.

 

Era a segunda aula e ali estava eu a dar tudo por tudo, concentrada a ver se conseguia apanhar o jeito às castanholas.

 

A prof ao ver o nosso ar de frustração mostrou-nos um vídeo para nos inspirar. Afinal não foi com duas aulas que aquela senhora frente a uma orquestra impressionante aprendeu a tocar assim.

 

Fazendo contas, quando tiver a idade dela poderei vir a dizer que já toco castanholas há 30 anos.

 

Afinal aos 40 parece que ainda vamos a tempo de descobrir talentos ou pelo menos apanhar o jeitinho (nem que seja só o jeitinho, assim, como boa portuguesa).

 

Nem tinha noção que existiam estas dinamicas nas castanholas. Pianissimos e fortissimos. Isto é um novo mundo. Olé.

 

 

 

 

Qual É a Vossa Música?

Não estou a falar da vossa música preferida, nem de uma que passou a ser vossa por terem ouvido em algum momento especial.

 

Estou a perguntar se têm alguma música que saia de dentro de vós sem saberem o porquê.

 

Eu tenho uma. Quando estou em momentos mais refletivos, seja qual for o assunto que me ponha melancólica, dou por mim a cantar The Blower's Daughter de Damien Rice. Mas de resto nem uma vez por ano vou procurar esta música para ouvir.

 

Coisas inexplicáveis do nosso inconscente.

 

"And so it is just like you said it would be
Life goes easy on me
Most of the time
And so it is the shorter story
No love, no glory
No hero in her sky
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off you"

Muito Orgulhosa

Acabei de ver a atuação do Salvador Sobral, não faço a mínima ideia de qual será o resultado nem me interessa por aí além.

 

Estou muito orgulhosa de toda a simplicidade, claridade vocal, emoção e sobretudo entrega. Ele não cantou. Ele viveu as palavras e a música.

 

Esperava acompanhar a canção mas não consegui. Fiquei com a voz embargada.

 

Ele ali no meio da sala foi mesmo um oásis no meio da atuações produções do costume.

 

Parabéns Salvador

 

27599900_GI04042017GERARDOSANTOS000030-800x450.jpg

 

Que Se Lixe a Eurovisão

aqui tinha dito, acerca do Festival de Canção que embora gostasse da canção dos manos Sobral achava que esta não seria adequada para a Eurovisão.

 

Agora que ouvi a composição pela segunda vez, digo que me apaixonei ao ponto de a ouvir toda com um sorriso tonto na cara.

 

Por isso que se lixe a Eurovisão se não a perceber. A canção é maravilhosa e estava em pulgas para que ganhasse. Até gastei 70 cêntimos (mais IVA) para dar o meu voto .

 

Mas tenho um feeling que desta vez algo vai ser diferente.

 

Parabéns aos manos. Merecem.

 

 

Michael Bublé Sucks #3 - 3 Dias Para a Véspera de Natal

Bem, continuo com pouco tempo para vir aqui postar e visitar os vossos cantinhos como deve ser. E nesta semana tenho as sobrinhas por estes lados, por isso o tempo ainda vai ser menor, já para não falar nos preparativos para o Natal.

 

Hoje deixo aqui a minha música preferida desta época. Não sou saudosista, fico farta facilmente de músicas antigas que foram ouvidas até à exaustão mas confesso que tenho um guilty pleasure.

 

Desculpem-me os fãs mas não tenho paciência nenhuma para a senhora, acho que ela grita mais do que canta e tenho ainda menos paciência para a divanisse dela (adoro inventar palavras e neste caso queria dizer que acho que a senhora adora armar-se em diva). 

 

Mas...os anos vão passando e nesta altura continuo a não resistir a esta música. Cantada pela original ou nas 5000 versões que passam por aí, nenhuma me faz cantar mais do que esta.

 

Numa versão de 2011, não sei como é que os norte-americanos com mania do puritanismo deixaram passar esta versão a roçar o pedófilo. Ele tinha 17 e ela 41.

 

Senhoras e senhores...All I Want For Christmas is...(vá lá agora todos juntos). 

 

P.S ao menos a Golimix compreende-me .