Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

Estes Dias - Arrumações

Ora e o que andou a acontecer nestes dias? Segue-se um relato (de vários dias) do que andei a fazer nestes dias de ausência aqui no blog.

 

Continuando com o relato destes dias, resolvi finalmente dedicar-me a destralhar. Comecei pelos armários da roupa da casa e da roupa própriamente dita.

 

Desta vez livrei-me mesmo daquela roupa que vamos guardando para "se um dia o corpo voltar a ser o que era". Com a idade (e possivelmente com a cerveja e a boa vida ) estou mesmo com tendência a engordar. E a dança, sendo eu de estrutura óssea e muscular larga e forte não me está "afinar".

 

Por isso que se lixe. A roupa "talvez novamente um dia" foi para quem dela possa beneficiar e fiquei com gavetas e armários mais realistas e práticos.

 

O mais engraçado foi que, assim que comecei, encontrei um brinco que tinha perdido há meses, dentro de um saquinho com um mini-ferro de viagem que nunca usei. Não faço a mínima ideia de como foi ali parar, incompreensível. Às vezes tenho a sensação que aquelas lendas que falam de seres brincalhões invisíveis, tipo duendes, que habitam as casas e que gostam de esconder coisas, são verdadeiros. Mas ganhei logo o dia. 

São os meus brincos preferidos, comprados numa feira de artesanato em Dezembro. Praticamente nunca os usei por ter perdido este. Vá lá que tive o feeling de nunca deitar o par fora.

 

Já vos aconteceu perderem algo em casa e encontrarem muito mais tarde num sítio improvável ou onde já tinham ido procurar montes de vezes sem encontrar?

 

A mim, não é a primeira vez que acontece. Mistério...

Estes dias - O Aniversário E O Vestido

Ora e o que andou a acontecer nestes dias? Segue-se um relato (de vários dias) do que andei a fazer nestes dias de ausência aqui no blog.

 

Nos meus anos dividi o dia em três, almoço num restaurante, tarde na Feira Internacional de Artesanato e a noite foi passada a partilhar uma garrafa de vinho, num dos restaurantes da praia de Carcavelos.

 

No dia anterior aos meus anos tinha ido com uma amiga ver a Mulher Maravilha e estando nas Amoreiras em tempo de saldos, resolvi comprar um vestido para estrear no aniversário.

Foi um filme.

 

Na Zara, os vestidos não tinham fecho e tinham um emaranhado de alças e efeitos incompreensíveis que pareciam um labirinto quando se tentava vestir. Acabei perdida dentro de um aos gritos para que a minha amiga me salvasse 

 

Na Mango já tinham fechos mas se assentavam na parte de cima, não assentavam na parte de baixo e vice-versa, quando vesti um perfeito, olhei para trás e percebi que tinha gordurinhas nas costas à mostra, devido a ter um decote de costas muito acentuado  e outro que me acentava bem era tipo cai-cai mas com alças descaídas que não me permitiam mover os braços.

 

Na Baixa ainda passei pela H&M com resultados semelhantes aos anteriores, e numa outra loja que não pertence a uma cadeia conhecida, só havia sacos de batatas, tinham algum potencial mas eram estranhos, com tecido a mais.

 

Ficámos com a impressão que os estilistas destas lojas não experimentam a roupa em mulheres de carne e osso.

 

Quando já estava de regresso, entrei na Natura e bingo, ali estava um simples vestido cai-cai com padrões coloridos, daqueles que tapam tudo o que é necessário, não marcam nada que não devem e ao mesmo tempo são bastante femininos, acentuando ligeiramente a cintura.

 

Igualdade Entre Sexos Vs Desigualdade do Cavalheirismo

Para lá da questão de igualdade de direitos a nível salarial, a nível político, tradições religiosas e à não violência, confesso que me derreto toda com a desigualdade cavalheiresca.

 

Adoro quando um homem me dá prioridade de passagem, me abre e fecha a porta do carro, me puxa a cadeira para eu me sentar num restaurante, se oferece para carregar os sacos, me oferece o casaco num dia frio (nunca tenho coragem de aceitar), me dá a mão numa descida complicada ou se oferece para pagar a conta.

 

Achei amoroso quando já por duas vezes, dois senhores idosos, daqueles que mesmo reformados ainda vestem fato me cederam o lugar no autocarro. Assim como outros da mesma idade que calharam a dizer uma asneira num sítio público e se desfizeram logo em mil desculpas porque "não tinham reparado que estava ali uma senhora".

 

O meu curso de história foi o paraíso, não sei se era por terem uma mentalidade clássica mas os meus colegas para além de nos deixarem entrar em primeiro nas salas, tinham o hábito de vez enquanto de nos cumprimentar com um beija-mão e oferecer flores nos jantares, chegava a sair com duas ou três rosas nestas noites de convívio.

 

Eu sei. Sou old fashion mas o meu ego feminino fica tão feliz com estas atenções.

 

P.S. E já agora que o assunto de hoje é o chocolate, bem que me podia aparecer um senhor aí à porta a oferecer-me uma caixa deles .

 

O-Que-Não-Dizer-a-Uma-Mulher4.jpg

 

Mistérios da Minha Vida

Que eu não tenho mão para a maquiagem já aqui referi. Mas rimel (ou máscara) adoro, embora não o use todos os dias. Só não consigo perceber porque raio é que sempre que o ponho dou comigo de boca aberta. É parvo não é? 

 

rimel.jpeg

 E já agora, ainda não encontrei nenhum que fizesse o que se propõem, "efeito pestanas falsos", "extra volume", "olhar dramático" e sei lá o que mais. E olhem que como é uma coisa que só uso ocasionalmente só compro de excelentes marcas mas aquilo parece-me tudo o mesmo.

Novo Estilo

Ando farta de usar calças e estou com vontade de adoptar um estilo que se adeque à minha personalidade.

 

Estou farta deste estilo básico e neutro de calça de ganga ou saia - camisola.

 

Quero adoptar um estilo feminino, mas que espelhe liberdade. Nada de roupa apertada, nem saltos altos. 

 

Estou tentada pelo Gypsy Style. Mas não no exagero porque não quero esconder as formas, nem parecer maltrapilha.

 

Gosto destes exemplos

 

cigana.jpg

gipsy-emilio-pucci1.jpg

 

gypsy.jpg

gypsyjpg.jpg

vestido.jpg

 E se entretanto me casar vou assim

 

productimg1236259299620.jpg

 

 

 

 

Já Que Vou a Meio do Caminho

vou-me dedicar nos próximos 40 a tentar ficar assim.

 

o-SOPHIA-LOREN-570.jpg

Esta senhora afirma nunca ter feito nenhuma plástica. Se é verdade ou não, não sei. Mas ela diz que os truques são os seguintes:

 

Corpo: Ela diz que o segredo de sua eterna beleza é a disciplina, a vida saudável e dormir muito, deitando sempre antes da meia-noite. 

 

Cabelo: Para a atriz, o segredo está no corte adequado. 

 

Pele: Sophia não se preocupa tanto com rugas, pois são inevitáveis. Mas ela sempre se preocupou em cuidar da pele do rosto para que independente a idade, sempre fosse saudável. Por isso, limpa e hidrata duas vezes ao dia. Fazer exercícios e ter bons hábitos também é fundamental para conservar uma pele bonita.

 

Maquilhagem: Após conhecer um monte de profissionais, hoje, não deixa que ninguém a maquilhe, já que ninguém conhece seu rosto melhor do que ela. 

 

Dieta: Como boa italiana, em sua dieta não falta massa ao meio-dia com tomate e azeite. À noite, prefere um jantar leve. Seu melhor segredo é beber muita água e não “petiscar” entre as refeições.

 

Exercício: Sempre se negou a correr. Sua rotina de exercícios consiste em caminhar e fazer alongamentos.

 

Big Secret: Sobre o seu maior segredo de beleza, Sophia diz: “a beleza depende de qualidades que estão ao alcance de todas as mulheres: encanto, sabedoria e imaginação.

A diferença entre a beleza juvenil e a beleza madura, é que a segunda é mais consciente e sofisticada, requer esforço, mas também é mais rica e complexa.

Nada torna uma mulher mais bonita do que a crença nela mesma.

 

Liebster Award

eMuito obrigada "mãe" do blog Desabafos de uma mãe solteira e aproveito para dizer que também gosto muito do teu blog. E já estava com saudades destes desafios.

 

download.jpg

 

Aqui vai então,

 

1 -  Como te defines? Uma pessoa bastante calma, com bastante dificuldade em enfrentar situações de conflito, às vezes prefiro fingir "que não percebo" do que entrar em confronto. Mas já explodi uma ou outra vez sobretudo em questões de falta de respeito. 

Já fui muito de dizer sempre sim, mas agora já aprendi a dizer não. É um equílibrio entre ajudar os outros mas também me respeitar a mim.

 

 

2 - O que te levou a criar um blog? Já tive um blog há cerca de 7 anos mas uma fase difícil da minha vida levou-me a acabar com ele e a isolar-me mais. Hoje em dia sinto pena de não ter dado continuidade. Gosto de escrever e ler estas espécies de diários. Confesso que foi a ler quase de uma assentada o blog A vidinha de uma gaja e a ver a volta que a gaja deu na vida em pouco tempo que voltei a despertar para este mundo dos blogs.

 

3 - Qual a primeira impressão do blog que te nomeou? Foi um daqueles blogs que me chamam a atenção, um blog com o qual me identifico, um blog real, com histórias do dia a dia, de uma mulher que se sabe rir com os contratempos da vida. Gosto de um blog assim, real, positivo, feminino mas sem aquele exagero todo de moda, maquilhagem, quilos de produtos de beleza. Um blog belo pela sua simplicidade como as mulheres deviam ter coragem de ser.

 

4 - Qual a tua cidade de sonho? Vou escolher um país até porque me identifico mais com o campo. E é a Irlanda. Aquele verde todo, a animação dos pubs, adoro música celta, a cultura celta e até pinto o cabelo de ruivo. Olhos azuis já tenho mas por alguma razão, acho que é da idade, a natureza agora até resolveu dar-me sardas.

 

5 - O que fazes nos teus tempos livres? Venho até à internet, aturo os meus gatos, vejo séries que gravo, dou passeios, leio muito, gosto de jantar e passar por um bar com amigos e colegas.

 

6 - Qual o produto de maquilhagem, roupa ou acessório favorito? Sandálias e rimel, aqui sim,sempre de uma marca boa porque basicamente é a única maquilhagem que uso.

 

 7 - O que ainda te falta fazer? Quase tudo, ter o meu próprio espaço de trabalho, encontrar um gajo decente, ter a minha casa no campo e conhecer a Irlanda.

 

8 - Qual tem sido o teu maior desafio da tua vida? Aprender o desapego, o deixar ir.

 

9 - O que é que te inspira? A culinária, a dança e sobretudo pessoas que passam por dificuldades mas mantêm sempre o bom humor e andam para a frente de forma optimista.

 

10 - Qual é o teu maior sonho? O mesmo que o ponto 7, espaço para desenvolver a minha actividade profissional com criatividade, o gajo decente, a casa no campo com uma horta e ir à Irlanda.

 

Aqui vai as minhas nomeações, possivelmente já foram nomeados e não me conhecem assim tão bem mas aqui ficam;

 Mais vale uma boa quarentona

Tuga em Londres

Coisas do Dia

Chez Maria_flor

 

 

Regras para os nomeados.

Para poderem mostrar o que valem e responderem ás nomeações, aqui vai.

- Responder a todas as perguntas

- Referir o link do blog que te nomeou

- Nomerar 5 a 10 blogs com menos de 200 seguidores.

- É obrigatório informar os blogs da nomeação

- Fornecer aos blogs o link para a nomeação em causa, para que saibam o que fazer

 

 

 

 

  

 

 

 

Sempre a Aprender - Em tempo de Figos...

Ao ir entregar um CV a uma colega italiana de um compatriota, e dado que este era bastante engraçado, aproveitei para lhe perguntar qual era a designação em italiano para "giro" ao que ela me respondeu "figo".

 

Por isso aprendam comigo, as italianas aos gajos giros chamam-lhes "figos".

 

E realmente o dicionario Babylon confirma:

 

figo 

atraente, sexy (Gíria)
atraente, excitante, sensual
atrativo; atraente; cativante
 
 
E eu ontem fui ver um filme francês e descobri este novo actor a quem também "lhe chamava um figo". Mais uma bela colheita de 74.