Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

Estou, quem Fala? Eu.. Eu quem? Eu...

Cada um com a sua pancada. Alguns gostam de conservar os seus números de telefone mas eu, sempre que mudo de operadora devido a tarifários mais interessantes, mudo de número. Não sei porquê mas gosto que o indicativo do meu número corresponda à respetiva operadora móvel.

 

Durante muitos anos fui da TMN e sabia o meu número de cor mas com as mudanças que já efetuei, hoje em dia nunca sei o meu número quando alguém pergunta.

 

Se calho a estar pessoalmente com a pessoa dou um toque para ela ficar com o meu número. Mas se calham a pedir pelo messenger, para ver qual é o meu número para lhes dar, ligo para o meu outro telemóvel, o profissional (cujo número sei de cor por já ter há alguns anos e ser fácil de decorar).

 

Isto por três vezes já deu origem a este cenário.

 

Como expliquei, para saber o meu número particular telefono para o meu número profissional, vejo o número no visor, dou o número a quem pediu pelo messenger e continuo com a minha vida.

 

Passadas umas horas reparo que tenho uma chamada não atendida no telemóvel profissional.

 

Então resolvo devolver a chamada. 

 

Nesse instante toca o telemóvel particular.

 

E fico a pensar: "Logo agora é que me haviam de telefonar. E agora? Desligo esta chamada que estou a fazer ou vou atender a outra"?

 

Sim, sou louca. O meu eu profissional, devolve a chamada ao meu eu particular e fica na dúvida se desliga a chamada que está a fazer a si própria ou se vai atender a chamada que está a fazer a si própria.

 

Obviamente que passados uns segundos apercebo-me do que estou a fazer e fico com vontade de bater com a cabeça em algum sítio para pôr os neurónios a funcionar.

 

 

 

 

18 comentários

Comentar post