Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

Coisas Que Me Dizem #8

Banda sonora inicial: Passarinhos a chilrear

 

Ia eu no outro dia na rua com a minha avó quando passa uma senhora que me conhece desde sempre.

 

Nós - Olá...(beijinho...beijinho). Tudo bem?

 

Ela - Tudo bem...blá, blá, blá. Ai que bonito, duas gerações a passear.

 

Nós  - Viemos agora das compras...blá, blá, blá. Então adeus e até logo.

 

Ela - Até logo

 

Viramos costas e...

 

Banda sonora a partir daqui: Música do filme tubarão

 

Ela (a pensar, era só que faltava continuarem na vossa vidinha tão felizes e animadas) - E já agora Aninhas veja lá se fecha a boca (e faz o gesto de ).

 

E a anjinha aqui a pensar rápidamente em tudo o que tinha dito nos últimos tempos, a ver se tinha dito algo que pudesse ter melindrado a senhora, sem descortinar nada.

 

Pausa de cena para contexto:

 

Sim, a senhora estava simplesmente a chamar-me de gorda mas eu que ando sempre a pé, faço duas horas de dança ou pilates por dia, tenho uma alimentação quase exclusivamente macrobiótica, sempre tive um peso "normal", não tenho espírito de me importar, achar gorda ou ter alguma peso na consciência. Por isso não atingi.

Embora sim, com a idade (e as cervejas) fui ganhando alguns quilos que não tinha anteriormente e que se devem notar.

 

Não atingindo a dentada (só para ficar bem com a banda sonora do tubarão), perguntei a medo:

 

Eu - Mas disse alguma coisa que não devesse ter dito?

 

Pausa para contexto

 

A dentada não foi sentida porque a carapuça não serviu e agora como é que a senhora se vai desenvencilhar desta sem chamar-me gorda directamente?

 

Ela (arregalando os olhos) - Não é isso, não está a perceber. É que está cheia de curvas, parece a Marilyn Monroe.

 

E aqui que o meu cérebro entra em parafuso: "Espera, ela está a chamar-me gorda mas ao mesmo tempo está a dizer que tenho um corpo parecido com a Marilyn, isto é bom ou é mau?".

 

E ela continuava com aquilo:

 

Ela: Está parecida à Marilyn, está a perceber? Com muitas curvas mas veja lá se não passa daí.

 

E o meu cérebro continuava a fritar.

 

Conclusão

 

Quando entrámos no prédio eu e a minha avó desatámos a rir tanto mas tanto, principalmente com a minha inocência de pensar que tinha dito algo de errado e ainda estar preocupada com isso, que a minha avó terminou dizendo: "Ai que já tenho as cuecas todas molhadas".

 

42d5a827b4e7722e8b11d2409e34b325.jpg

 

E a senhora como é? Bem a minha sobrinha afilhada ao ouvir o relato perguntou: "Então, mas se tu és gorda ela é o quê?!". Agora tirem as vossa conclusões.

 

22 comentários

Comentar post