Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

Aquelas Coisas Que Só Me Irritam A Mim - A Balança do Continente e Gente Idiota

De vez enquanto tenho momentos de paragem cerebral principalmente se me sinto pressionada.

 

Raramente compro legumes e frutas em hipermercados, não estou habituada a mexer nas balanças e não percebo bem porque raio o Continente ainda utiliza o método de pesagem fora das caixas, o que leva clientes que se esqueceram de pesar a deixar lá mercadoria ou a porem a fila em espera enquanto vão pesar.

 

Cenário: Continente numa hora morta. Só 5 ou 6 pessoas na zona das frutas e legumes ainda a olharem para a oferta ou a servirem-se.

Todas as balanças vazias (umas seis pelo menos).

 

Contexto: Pego nas minhas coisas e dirijo-me a uma das seis balanças vazias. Nem três segundos depois, um homem cola-se a mim para pesar exactamente naquela balança. 

Relembro que as outras balanças estavam todas vazias. Confesso que fico logo stressada com malta que gosta de colar e fazer fila só porque sim.

 

Acção: Pego no saco das limas e fico feliz porque desta vez lembrei-me de ver o código. Sinto o homem a colocar-se atrás de mim e tenho logo vontade de olhar para trás e perguntar se ele não reparou que as outras balanças estavam todas vazias.

 

Começo a digitar o código das limas e nada aparece no ecrã. Começo a pensar: "Nunca sei mexer nesta treta". Tento novamente o código e nada, sinto os olhos do homem pregados naquilo que estou a fazer.

Fico a pensar: "Isto deve ter um truque, está ali um quadradinho no ecrã onde deve aparecer o código, se calhar tenho que tocar lá antes". "Ahhhhh, hummmm, não funciona, também não é assim".

Continuo a sentir os olhos do homem colados em mim e eu cada vez com mais vontade de lhe perguntar: " Oh Caramelo, importasse de ir para outra balança? Não está a ver que estão todas vazias?"

 

Vejo então lá dois quadrados que dizem: "fruta" e "legumes" e resolvo ir pelo nome, "limas". Escolho o quadrado das frutas e começo a tocar naquilo rapidamente indo parar aos maracujás.

Então ponho-me a pensar: "L, L, no abecedário está perto do M, mas é antes ou depois?" (não se esqueçam que o meu cérebro entra em parafuso em caso de pressão). E lá vai de começar a desfilar mentalmente o abecedário à velocidade da luz: "A, b, c, d, e, f, g, h, i, j, k, l, ok porra, é antes do M, já andei demais, agora é que o homem tem a certeza que eu sou burra, mas porque raio é que ele não vai para outra balança? ".

 

O homem entretanto começa a mexer-se impaciente, a passar o peso do corpo de um pé para o outro mas não descola.

 

Pego em seguida no abacate: "Abacate, abacate, é um fruto, certo, logo é a mesma tecla. Mas 'pera, isto é super verde e usa-se sobretudo nas saladas salgadas, será que não está nos legumes? Vou outra vez dar ar de tonta. Não, é um fruto de certeza, desta vou acertar à primeira"

BINGO, é um fruto e é a primeira opção.

 

O homem entretanto já tinha dado meia volta para ir embora mas ao ver-me finalmente despachada volta para a balança.

 

Vá lá que não tinha levado também tomates, se não era outro caso existencial, fruta ou legume? E o T, está tão longeeee no abecedário. 

 

 

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/2