Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

6 Tipos de Psicopatas Nas Passadeiras

Desloco-me sobretudo a pé no meu dia-a-dia e como peã profissional que sou, habituei-me, não a olhar para os carros como um todo mas, a estar sobretudo atenta aos condutores, para perceber se eles estão realmente a ver o que se passa.

 

Uma das coisas que tenho reparado nos últimos anos é um crescente desrespeito pelas passadeiras. Na maior parte das vezes se paro ao pé da passadeira, são poucos os que param de livre vontade (obviamente que se inserem nesta categoria os condutores que lêem este blog, só boa gente ), os outros só o fazem se movemos alguma parte do corpo com intenção de avançar.

 

E ao analisar os condutores tenho reparado em 4 tipos distintos com tendências assassinas, ou seja, os que não param de todo.

 

(Eu sei que também há peões que se atiram de cabeça quando estão ao pé da passadeira mas aqui vou referir-me àqueles condutores que têm tempo e obrigação de parar).

 

Os Deuses - "Peões? Simples mortais que andam a pé, o que é isso? Não sei de nada". Para este tipo, pessoas que andam a pé são invisíveis. 

 

Os fingidos - Pertencem a esta categoria os pseudo-simpáticos. Quase vos atropelam mas fazem um grande sorriso e pedem desculpas com a mão enquanto se desviam, do género: "Ups, não foi por mal, só agora vi que estavas aí".

 

Os Pseudo-Distraídos - Fingem que não viram nada. Existem três tipos distintos nesta categoria. Os que aproveitam estar ao telemóvel e continuam com o olhar em frente (cometendo assim duas infrações). Os que no momento que chegam à passadeira olham para o lado, como se o facto de não terem parado se devesse a terem visto uma coisa muito interessante no sentido oposto à passadeira exatamente naquele momento. E os que fingem não ter visto uma pessoa a andar no passeio que tem como continuação lógica uma passadeira, do género "Ias continuar em frente em direção à passadeira? Quem diria, pensei que conseguias levantar vôo" .

 

Os Matemáticos - Esta é a categoria mais recente, só dei por eles há pouco mas já passaram alguns por mim. São os mais assustadores porque aqui o peão já está em cima da passadeira. Fazem rapidamente contas de cabeça e carregam no acelerador, sabendo que àquela velocidade, vão passar exatamente na 2ª metade da passadeira enquanto o peão está a terminar a primeira metade.

 

Claro que normalmente todos eles ficam parados no sinal vermelho à frente, tipo karma, mas isso não interessa nada.

 

E já agora entre os que param, temos também dois tipos assustadores:

 

O Ameaçador - Este tipo, fica a meio caminho entre o para, não para. Ou seja, nunca para verdadeiramente o carro. Enquanto o peão está na passadeira, o carro continua a deslizar para cima da pessoa só para apressar. Ficamos a pensar que se nos desse uma sulipampa ou se tropeçássemos, seriamos sem dúvida atropelados.

 

O Malcriado - O malcriado, trava bruscamente o carro só porque tem de ser, já a passadeira vai quase a meio, e arranca fazendo fumo nos pneus assim que pode. E porque é malcriado? Porque tenho a certeza que nos "entretantos" está a pensar: Fod....**** só me faltava esta. Despacha-te lá oh filho da******.

 

Num mundo em que se assiste a tanta barbaridade e mortes sem sentido, vamos lá ao menos respeitar as passadeiras.

12 comentários

Comentar post