Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

Adeus...Para Sempre Vou Gostar de Ti

Oh. Eu não vinha cá esta semana. Mas a vida, é isto.

 

Foi exatamente há 30 anos que me apaixonei pelas músicas deles. Era uma fã verdadeira, daquelas que enchia o quarto de posters, comprava merchandising, pertencia ao clube de fãs e sempre que podia ia aos concertos.

O primeiro foi em Paris, era também o primeiro concerto da minha vida. Sim, passados 2 anos de me apaixonar, era nova na cidade e eles foram lá. Eramos todos de Lisboa e arredores mas foi em Paris que nos encontrámos.

 

Cheguei a ir a concertos sozinha, tal era a vontade de os ouvir. Sempre tive um fraquinho pelo Tim mas quando os conheci ao vivo percebi que o mister simpatia era o Zé Pedro. Ele era Grande. Ele é GRANDE.

 

Era sempre ele que tinha paciência para nos aturar, perdia tempo nos corredores do Coliseu a falar connosco enquanto deambulava por ali entre concertos à espera que fosse a vez deles, tinha sempre tempo para mais uma foto.

 

Um dia, desceu do palco do Coliseu a meio do concerto para me oferecer a palheta com que tocava. E a moça ao lado, essa sim, tinha um verdadeiro fraquinho por ele, chorava de descontentamento. Tive pena dela mas aquele momento foi único para mim.

 

Oh Zé, olha que eu podia achar mais piada ao Tim mas sem dúvida que foste tu o único que verdadeiramente me tocou o coração.

 

Adeus amigo. Até Sempre. De repente o dia ficou ainda mais frio.

 

Untitled design.png

 

 

 

Até Para a Semana

Só porque sou uma coninhas e não gosto da casa desarrumada, nem que seja esta virtual, e para não deixar este blog desatualizado com um desafio de fim-de-semana durante a semana inteira. Porque preciso de me dedicar de corpo e alma a outros assuntos off line e não vou poder vir aqui, aproveito para vos desejar uma boa semana.

E até para a semana.

 

nova-semana.jpg

 

Canto de Conversas

Ora vamos lá falar um bocadinho. 

 

Acho que nunca participei na Follow Friday, porque os blogs que sigo são aqueles blogs que gostamos de intitular "com gente dentro". Se calhar sou um pouco cusca, mas gosto sobretudo de ler blogs que partilham vidas.

 

Seguindo eu sobretudo este tipo de blogs, custa-me escolher um em detrimento de outro. Porque cada vida é uma vida e cada um escreve da maneira que mais lhe diz. 

 

Mas como a Follow Friday é algo que se repete, decidi então dedicar cada uma a um destes blogs que sigo.

 

Para começar destaco o "Canto de Conversas".

A Azulmar é uma autora que diz muito com poucas palavras. E a rubrica que mais me toca o coração neste blog, é o "Diário de Gratidão". Essa maravilhosa aptidão de conseguir encontrar algo que agradecer mesmo nos dias mais cinzentos.

 

E é por isto, Azulmar, que este primeiro destaque é para ti.

 

Sem Título.png

 

A Sapar

Bem...sapinho, agora é que me puseste a pensar. Tendo andado a percorrer o país de norte a sul no Verão e vivendo relativamente perto do parque natural Sintra-Cascais, paisagens foi o que não me faltou.

 

Mas olha, escolhi para a tua tag, que adorei, algo singelo mas que a mim me diz muito. Adoro o cheiro da natureza quando está neste estado, verde e cheia de musgo.

 

IMG_7765.JPG

 Mata dos Remédios, Lamego, Agosto 2017

 

E já agora Sapo obrigada pelos últimos destaques 

 

Destaque 21 de Novembro.png

 Novembro 2017

 

Destaque 10 de Outubro.png

Outubro 2017

 

Dois Actores Estranhos

Não posso propriamente dizer que não gosto deles.

 

Era uma fiel seguidora do "Sexo e da Cidade", embora achasse a personagem dela um pouco irritante, e já passei momentos descontraídos e divertidos a ver filmes onde ele é o protagonista.

 

Mas este fim-de-semana ao ver um filme onde os dois fazem par, Did You Hear About the Morgans?, bastante mal cotado e que deixei a meio, cheguei à conclusão que façam que filme fizerem, eles representam sempre da mesma maneira. É como se fossem sempre as mesmas personagens que vão mudando de cenário.

 

sarah-jessica-parker-vergonha-original.jpeg

 Ela é uma eterna Carrie Bradshaw, sempre com este tique de afastar o cabelo da cara quando está a contracenar com um par romântico.

 

 

transferir (1).jpg

Ele é o eterno playboy, sempre nervosinho e com tendência a gaguejar.

 

Costumam ver séries ou filmes com eles? Sou só eu que não os acho versáteis?

Acabo por não perceber porque são tão famosos, tenho a sensação que eles na vida real são exatamente assim e que se limitam a decorar e a debitar papéis

Em Modo Diário - Gongos, Taças Tibetanas e Disparidade

Continuando em modo diário íntimo. Sei que isto vai com uns dias de diferença mas após estes acontecimentos relatados não me apeteceu vir a correr fazer publicações.

 

Sexta-feira, dia 17 de Novembro de 2017

 

Querido blog,

 

já aqui tenho dito que sou uma mulher de opostos. Contudo não são oposto extremos, são opostos com algum equilibrio que me dão estabilidade.

 

Por isso, se ontem à noite, foi um jantar onde exagerei, hoje, depois de beber uma caneca de café e cereais pela manhã, o resto do dia foi passado a chá para "limpeza" (estou a falar a nível de beber, de resto comi como de costume).

 

Optei por ter um estilo de vida mais saudável, cá em casa é essa vida que sigo. Mas se no dia-a-dia faço muitas refeições vegan por vezes preciso de jantares de um bom queijo e de um bom vinho para quebrar a monotonia.

 

Há quem diga que se resolveres abraçar um estilo de vida, tens que te manter fiel a ele, não importa como e só assim serás verdadeiro.

 

Mas eu não consigo. Para mim viver uma "flateline" só mesmo quando já cá não estiver.

 

transferir.jpg

 

Também já aqui referi que não consigo meditar. Estar sentada em silêncio não é para mim. Mas há uma coisa que adoro.

 

Concertos Meditativos de Gongos e Taças Tibetanas.

 

E hoje foi um desses dias, após as aulas de dança, fui ao meu quinto ou sexto concerto meditativo.

 

Deitada, quentinha, a sentir toda aquela vibração enquanto tocam taças tibetanas, gongos, Koshi Chimes e cantam mantras, fico mesmo relaxada e zen.

 

E é com estas disparidades que vou conseguindo manter o equilíbrio.

 

Um dia um pouco de exagero, nos outros a calma. Um dia deito-me feliz porque bebi uns copos com uma amiga e rimos feitas loucas, no outro vou para a cama em paz porque as taças tibetanas ainda ressoam em mim.

 

P.S. - E já agora para quem se interessar, na Feira Internacional de Artesanato, comprei o meu Kochi Chime. Escolhi Fogo (ou Ignis) para dar mais movimento à minha vida e sobretudo porque foi o som mais apelativo para mim. É suposto serem escolhidos assim.

 

São muito semelhantes aos espanta espíritos mas para mim o som suplanta.

 

Aqui fica um vídeo demonstrativo.

 

 

 

Até amanhã 

 

Em Modo Diário - Das Amizades e Do Beaujolais

Querido blog,

 

sei que no Blogs Portugal, estás inscrito como Diário Íntimo mas muitas vezes esqueço-me desta faceta mais "Diário". Por isso, para colmatar, aqui vai...

 

Quinta-feira, dia 16 de Novembro de 2017

 

Querido blog,

 

esta tarde fui ao Aldi e vi lá garrafas do famoso Beaujolais. O vinho francês que sai na 3ª quinta-feira de Novembro e que tanto alarido e convívio provoca. Sabes que os japoneses, esses exagerados, até tomam banho nele?

 

Adiante.

 

Comprei uma, pus uma foto no Facebook e uma amiga pôs um emoji triste. Perguntei porquê e ela disse que era pelo vinho não ir parar ao copo dela.

Não fosse por isso. Convidei-a logo para vir cá experimentar.

 

Tínhamos falado no Messenger há pouco mas desde Maio que não nos víamos. Ela afastou-se porque está com problemas pessoais, eu habituada a que as pessoas se afastem de mim inexplicavelmente, também já não corro atrás de ninguém.

 

Mas adiante mais uma vez.

 

Não tinha tempo para grandes preparativos mas a caminho das aulas de dança comprei dois queijos e pão para acompanhar, umas castanhas para assar. Fiz um patê de grão quando cheguei a casa e grelhei uns pimentos padron também.

 

E assim foi. Às 22h estávamos à mesa, as duas e o Beaujolais.

 

E já agora, está bom o vinho este ano, embora também tenham tido bastantes problemas climáticos.

 

A meio de uma conversa séria da parte dela, ou eu apaguei a meio do enredo ou como ela disse, a culpa foi dela que muda rapidamente de filme, a verdade é que me perdi na conversa e desatei-me a rir.

 

E a partir daí foi o descalabro total. Já não dizíamos coisa com coisa. Rimos e rimos até mais não.

 

E é isto. O Beaujolais é sempre novo mas as amizades mesmo velhas estão sempre a ser renovadas com estes momentos impagáveis.

 

Colo agora aqui as fotos da vergonha, o antes e o depois do Beaujolais e uma foto do gato que me parece estar com um ar muito indignado a pensar "estas estão mesmo parvas".

 

Untitled design (1).png

 Até amanhã diário.

A Gramática e as Dúvidas Existênciais

Como já aqui disse, por vezes para escrever no blog faço alguma pesquisa gramatical (evitem agora a gracinha, do "Ai fazes? Olha que não se nota nada").

 

E muitas vezes tenho dúvidas nos acentos dos verbos. Andava eu nessas pesquisas, quando reparei no seguinte.

 

Os verbos têm regras de conjugação que se podem aplicar em verbos com terminações semelhantes e que permitem uma rápida aprendizagem. Mais fácil nos regulares, um pouco mais complicada nos irregulares. 

 

"Eu como", "eu comi", "eu comerei", "eu rio, eu ri, eu rirei", "eu acaricio", "eu acariciei", "eu acariciarei" e sei lá quantas centenas mais de verbos com estas regras banais.

 

Mas se pegarmos num dos verbos mais importantes, aquele que nos ajuda a definir. Perguntamos em bom inglês-português: "WTF? Qual é a regra disto"?

 

"Eu Sou", "eu era", "eu fui", "que eu seja"...?!  Isto nem começa com as mesma letras.

 

E para ir a algum lado?

 

"Eu vou", "eu ia", "eu fui"?!  estava tudo ganzado quando se começaram a exprimir?

 

Não admira que a humanidade ande com problemas existenciais e sem saber onde vai parar. Nem estes verbos têm lógica.

 

E já agora, porque raio os verbos ser e ir são iguais no pretérito perfeito e no futuro conjuntivo, entre outras conjugações? Eu já fui aluna. Eu já fui à escola. Quando eu for aluna. Quando eu for à escola .

 

E pronto. Bom fim-de-semana, vão lá para casa pensar nisto.

Pág. 1/2