Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

De Repente Já Nos...40!!!

O Lado B da Vida

TAG

TAG - Isso ou Aquilo

 

Fui desafiada pela Rute, para responder a esta TAG, já tinha saudades destes desafios, vamos lá a ver então.

 

 

20537234_a8jiR.png

 

Confesso que nem um, nem outro. Adorava saber desenhar mas as minhas capacidades a este nível pararam de se desenvolver aos cinco anos e por outro lado não sou nada organizada, escrevo em agendas mas depois nunca vou lá ver o que decidi.

 

 

20537238_mE7JO.png

 

Estou inscrita no primeiro por curiosidade mas nunca me lembro daquilo e nunca ouvi falar do segundo.

 

 

 

20537244_F32iC.png

 

Nem um nem outro, o primeiro tem demasiada pele à vista para o meu tipo de corpo o segundo também tapa demais. Não gosto daquela camisolona enfiada nas jardineiras.

 

 

 

20537253_77OpG.png

 

Gosto muito de chocolate mas nunca comeria isto, é demais. Preferia o batido de morangos sem topping ou uma mousse simples de chocolate preto.

 

 

 

20537266_vLYEZ.png

 

Tenho uns da Nike mas não posso andar muito com eles porque fico com os pés a doer, devem ter uma falha qualquer na lateral. Na verdade não ligo a marcas.

 

 

20537284_UMMrb.png

 

Nem um nem outro novamente, decididamente não sou fashion . Prefiro dançar na minha escola de dança ou então caminhadas ao ar livre.

 

Como já vi esta Tag em vários blogs não vou nomear ninguém, se acharem graça avancem.

Livros, Gatos e Gente

Ontem foi dia de encontro do Clube de Gatos do Sapo. 

 

IMG_4358.JPG

 

A venda do novo livro, serviu, para além do seu propósito principal, reunir em amena cavaqueira alguns membros deste Clube.

 

É sempre uma oportunidade muito feliz encontrar ao vivo os colegas de blog com quem passamos semanas e semanas a falar virtualmente.

 

Estiverem presentes para além de mim a Marta (a grande impulsionadora de todo este movimento), a Sofia, a Teresa, a Anabela e o André.

 

Aqui fica uma foto, gentilmente cedida pela Marta com algumas de nós.

 

IMG_4364.JPG

 

Novo Livro

Caso andem muiiiiiiito distraidos e ainda não se tenham dado conta, fiquem a saber que o nosso simpático Clube de Gatos dos Sapos lançou um novo livro e hoje vamos estar presentes no Colombo para o apresentar. 

 

Aqui fica o convite. O livro que conta com histórias, passatempos e curiosidades felinas custa 10 euros e o marcador com fotografias dos nossos gatinhos custa 1 euro. Valor esse que reverte na totalidade para associações de ajuda aos animais.

 

Se forem ao Colombo esta tarde não se esqueçam de nos fazer uma visita na loja Quatro Patas.

 

20559791_tPZMl.jpeg

 

Fantochada

Que a política é quase toda uma fantochada isso já sabemos, mas que a coligação PSD-CDS-PP-PPM-MPT (uffffaaaaa, até a coligação é estranha) mais conhecida como "Oeiras Feliz", tenha decidido levar isso à letra e concorrer com o Boneco (é mesmo o nome dele), até para mim que gosto de coisas diferentes, é demais.

 

img_797x448$2017_07_20_17_06_46_243607.jpg

Juro que estou farta destes cartazes e acho que conseguiram levar a fantochada política ao máximo e até me sinto gozada por acharem que posso ser "governada" por um boneco. Obviamente que há uma pessoa de carne e osso por trás mas...

 

Num concelho onde a única coisa que há é uma luta de galos, irá o Paulo Vistas conseguir manter o tacho mandato ou irá o Isaltino voltar ao seu poleiro cargo, ao menos que esta coligação levasse as coisas a sério. Assim só parecem parvinhos.

 

Esta deve ser das piores ideias de sempre a nível de marketing político. Já para não falar que eles apresentam um boneco mas no fundo a grande jogada é darem montes de informação sobre o Boneco nos cartazes. Informação essa que ninguém lê por quase todos os cartazes estarem em sítios onde só se passa de carro.

 

E por falar em más jogadas a nível político, o que o "Oeiras Mais à Frente", o partido do Paulo Vistas, não previu foi a disposição dos cartazes. Ou isso, ou andam aí muitos apoiantes do Isaltino a trabalhar na câmara ou na área da publicidade, não sei quem são os responsáveis por esta situação.

A verdade é que eles estão a concorrer com este cartaz,

 

transferir.jpg

e em vários sítios logo à frente está colocado um cartaz do Isaltino .

 

Ainda não tirei nenhuma foto, esta é de uma pessoa conhecida só para terem ideia, mas em outros locais os cartazes estão mesmo lado a lado ou seja a seta do Vistas a apontar diretamente para o Isaltino.

 

20294173_1851700285147873_5023384826164190509_n.jp

 

Como podem ver a fantochada em Oeiras está ao rubro.

 

 

Só Tenho Uma Regra

Não falando de nenhum caso em especial, a verdade é que ando no geral farta do abuso da suposta "Liberdade de Expressão" quando na realidade o que se disse foi "Falta de respeito".

 

A mim, ensinaram-me que a minha liberdade termina onde começa a do outro e acho que foi um ótimo ensinamento que devia ser seguido pela humanidade em geral.               

Para Melhorar a Escrita

Hoje deixo uma sugestão de leitura. Datado de 1985, só em Maio deste ano este livro foi traduzido e editado em Portugal.

 

Costumam estar parados a olhar para um ecrã em branco? Gostavam de melhorar a escrita e/ou o conteúdo das vossas publicações? Embora seja anterior aos blogues, este livro continua a ser considerado uma referência para todos os que gostam de escrever e querem melhorar a sua escrita.

 

Cem Maneiras de Melhorar a Escrita de Gary Provost

 

Conforme nos revela a capa: «Este livro ensina a escrever melhores cartas de amor, histórias, artigos de revista, cartas ao editor, propostas de negócio, sermões, poemas, romances, pedidos de liberdade condicional, boletins da paróquia, canções, memorandos, ensaios, trabalhos escolares, teses, grafitis, ameaças de morte, anúncios e listas de compras.»

 

Eu já comprei o meu e vai ser uma das leituras de férias. Por aquilo que já li, este livro, um bloco de apontamentos e novos lugares são um bom trio para treinar a escrita.

 

capa_Cem Maneiras-300dpi.jpg

 

 

 

 

Manias - Café da Manhã

Não gosto de começar as manhãs a correr para onde quer que seja. Preciso de tempo para abrir a pestana, tomar o pequeno-almoço, deixar a casa arrumada, os gatos tratados e cuidar de mim.

 

Quando andei a fazer um part-time além da profissão que exerço por conta própria, deixava a mesa do pequeno-almoço preparada de véspera para no outro dia não andar a correr.

Agora que as manhãs mais calmas regressaram, apercebi-me contudo que há algum de reconfortante em acordar e ter a cozinha preparada à minha espera.

 

IMG_7215.JPG

O prato, a caneca, a faca, o café com cereais que ficou fora da imagem e o livro que acompanha. Por vezes é mais variado mas hoje vamos ter um tradicional café com torradas.

 

Bom dia e continuação de boa semana 

Conversas Doidas

Eu sou perita em atrair conversas doidas. Ora vejamos:

 

1ª Situação - Na Rua

 

Saio de casa com o saco do lixo. Nesta zona não temos caixotes do lixo, temos "ilhas ecológicas" que nos fazem caminhar até lá.

 

Desconhecido atrás de mim: Hummm...caracóis.

 

Eu: Desculpe?!

 

Desconhecido já ao meu lado: Estou a ver que leva caracóis pequeninos aí no saco.

 

Eu: Não, é lixo 

 

Para o senhor, um saco branco com contornos de pedras sujas de excrementos de gato eram caracóis. Um belo petisco.

 

 

2ª Situação - Ao telefone

 

Começo por explicar que adorava ter uma voz grave e rouca, super sexy mas não é o caso. Tenho mesmo voz de mulher e bastante jovem.

 

O telefone toca ainda estou na cama, manhã cedo:

 

Eu: Estou

 

Velhota do outro lado com voz de lamento e possivelmente bastante surda: Ai filho que te tratei tão mal ontem, deves estar muito chateado comigo.

 

Eu: Hããããã...desculpe mas é engano

 

Velhota do outro lado com voz de lamento e possivelmente bastante surda: Ai eu sei meu filho, estás muito chateado comigo. 

 

Eu: Ligou para o número errado.

 

Velhota do outro lado com voz de lamento e possivelmente bastante surda: Eu fui mesmo muito mázinha contigo.

 

Eu: É ENGANO.

 

Velhota do outro lado com voz de lamento e possivelmente bastante surda: Ai meu filho.

 

Eu: Está a ligar para o número errado, eu chamo-me Ana (disse o meu nome só para a senhora se convencer que nem um homem sou, quanto mais filho dela)..

 

Velhota do outro lado mudando o tom de voz: Está aí uma mulher contigo?! Quem é ela?

 

Eu: É ENGANO, ESTÁ A LIGAR PARA O NÚMERO ERRADO.

 

Velhota do outro lado voltando à voz de lamento: Ai já sei, é a minha São não é?

 

Eu: É ENGANO.

 

Velhota do outro lado com voz de lamento e possivelmente bastante surda: Tá bem, tá bem.

 

E desliga a chamada com voz de quem tem a certeza de que o filho, ou a São, a estão despachar por estarem chateados.

Ahhhh.....Hummmm...

Olham para esta foto e o que pensam?: "Ai tadinha está a beijar o namorado, que provavelmente morreu com uma doença oncológica, antes de lhe fecharem os olhos"

 

f620x350-410733_441751_9.jpg

 

Mas não. Isto é suposto ser sexy. É o primeiro boneco de silicone para mulheres. E o video também é tramado. Vê-se o boneco a ser feito aos bocados, bocados de corpos decepados e bastante realistas, sendo que numa parte nem pele tem. Mas tudo é apresentado de uma forma que é suposto ser sensual.

 

E fiquem a saber que pode ser feito a pedido, com a cara e o corpo de quem quiserem. 

 

Eu cá aviso, se resolverem encomendar um com a cara do vizinho jeitoso ou do namorado que vos deixou, e se conseguirem mais tarde ter sorte com ele na vida real, livrem-se do boneco.

Eu teria medo, muito medo se entrasse na casa de um gajo e ele tivesse lá uma boneca igual a mim. Acho que fugia a sete pés a gritar:

 

"Stalker...Perseguidor..."

 

Mas antes disso se tivesse o boneco, de certeza que morria de ataque cardiaco à noite quando acordasse estremunhada e visse aquele corpo inerte ali ao lado.

 

Isto leva-me a outra imagem estranha. Os bombeiros e a polícia a arrombarem a minha porta e a encontrarem-me nua, morta com um boneco bastante excitado ao lado.

 

Decididamente não compraria tal coisa.

 

Mas procurem o video do Gabriel, o primeiro "muneco" de silicone e tenham medo, muito medo. Ou então excitem-se. Nunca se sabe, afinal é esse o propósito.

Pág. 1/2